Dia de Campo na Fazenda Serra do Macuco apresenta boas práticas para a bovinocultura de leite

A Cooasavi esteve presente como parceira em mais um importante evento para a agropecuária na região: o Dia de Campo na Fazenda Serra do Macuco, que aconteceu nessa quarta-feira, dia 24 de julho e reuniu diversos produtores de São Vicente e cidades do entorno. O evento, que contou com o apoio da cooperativa, teve como objetivo a demonstração de tecnologias e práticas de manejo relacionadas ao melhoramento genético e reprodução de bovinos, qualidade de silagem e leite. Para tratar dos assuntos, foram convidados especialistas de diversas empresas e instituições, como a Universidade Federal de Lavras e a Associação Brasileira de Criadores de Girolando.

Para que todos os presentes pudessem aproveitar ao máximo o conteúdo das palestras, foi feita uma divisão em grupos, havendo uma rotatividade entre as quatro estações propostas: Estação I: Projeto de produção de leite e genética e as vantagens do uso da técnica de fertilização in vitro como ferramenta para acelerar o melhoramento genético animal; Estação II: Uso do aditivo Bon Silage no processo de ensilagem de milho ,visando a sua conservação no processo de desensilagem e demonstração prática de como avaliar a qualidade da silagem de milho; Estação III: Cruzamentos utilizados na fazenda Serra do Macuco de animais da raça Gir com Holandês para a produção de fêmeas Girolando- F1, visando a produção de animais de alto desempenho na bovinocultura de leite; e Estação IV: Retorno Econômico da qualidade do leite na produção de queijos e os resultados obtidos na Fazenda Serra do Macuco.

De acordo com o cooperado Kléber Vilela Araújo, Doutor em Zootecnia, Auditor Fiscal Agropecuário do Mapa e proprietário da Fazenda Serra do Macuco, a iniciativa de fazer o Dia de Campo partiu do desejo de compartilhar as tecnologias aplicadas na fazenda e a experiência nos seus quatro anos de atividade. “Nós escolhemos alguns temas importantes, como melhoramento genético, fertilização in vitro, qualidade do leite e da silagem, e convidamos profissionais que pudessem atender ao objetivo de transmitir o conhecimento e a experiência de forma didática”, destaca.

Bons exemplos

Kleber explica que a Fazenda Serra do Macuco trabalha com animais meio sangue (raça Gir com Holandês) e tem como foco a produção do leite de forma sustentável. “Nossa propriedade está sendo configurada com o objetivo de obter práticas sustentáveis, considerando o bem-estar dos animais. Nós nos preocupamos não apenas com uma genética de boa qualidade, como também com um processo de melhoria nas questões ambientais e sociais. Além disso, temos como meta garantir a sustentabilidade econômica para os próximos anos”, detalha.

Para André Nogueira Junqueira, Zootecnista e Técnico da Associação Brasileira de Criadores de Girolando, a entidade visa fomentar a raça, levando conhecimento e inovação para os produtores. “Fazemos chegar a informação até eles, mostrando que as novas tecnologias são mais simples do eles imaginam. Em outras palavras, queremos tornar mais acessíveis as boas práticas de produção e melhoramento genético, mostrando aos produtores um exemplo próximo de sua realidade, como é o caso da Fazenda Serra do Macuco. Com isso, eles se tornam aptos a aprimorar suas atividades   de forma econômica e mais eficiente, trazendo lucratividade para os seus negócios”, explica.

Andressa Laredo, estudante de Medicina Veterinária que esteve presente no evento, avaliou a iniciativa como extremamente benéfica para os produtores da região. “Eu vejo como um projeto de extensão rural, em que se leva informação ao campo, motivando as pessoas a pensarem é possível trabalhar de forma efetiva, obtendo lucro. Muitos produtores podem pensar que é uma realidade distante, que é difícil chegar a um nível de fazenda assim. E com o evento, eles puderam perceber que dá pra fazer simples mudanças e obter um bom resultado”. Andressa elogiou também os temas escolhidos e a desenvoltura dos palestrantes. “Para São Vicente é uma grande inovação, porque o forte da região é o leite. E quanto mais assistência é oferecida, quanto mais conhecimento e novidades são compartilhados, melhor para todos. Isso beneficia a população como um todo”, defende.

Apoio da Cooasavi

O proprietário da Fazenda Serra do Macuco e também cooperado da Cooasavi avaliou como positivo o suporte recebido da entidade. “O apoio da Cooasavi, da qual meu pai foi associado e eu também sou, foi importantíssimo, pois entendo que a cooperativa deve estar atenta às novas tecnologias, divulgando-as aos seus associados”, afirma Kleber.

Ronaldo Reis Laredo, Diretor Presidente da Cooasavi, foi um dos participantes do Dia de Campo e após a experiência, disse que a entidade pretende apoiar mais eventos dessa natureza. “Foi muito proveitoso para todos. Todo o conhecimento que foi compartilhado conosco foi interessante e de grande valia para os produtores. Acho que é até um modelo que a Cooasavi poderia investir futuramente, pois os resultados podem ser vistos na hora, com a grande participação e interesse dos convidados”, finaliza.

 

Confira a programação completa do evento e os palestrantes que estiveram presentes:


Estação I:
Projeto de produção de leite e genética e as vantagens do uso da técnica de fertilização in vitro como ferramenta para acelerar o melhoramento genético animal

Palestrantes:

Kleber Vilela Araújo (Zootecnista – Dr. e Auditor Fiscal Agropecuário do Mapa)

Roberto de Azevedo Rezende (Médico Veterinário e Especialista em Reprodução)

 

Estação II: Uso do aditivo Bon Silage no processo de ensilagem de milho visando a sua conservação no processo de desensilagem e demonstração prática de como avaliar a qualidade da silagem de milho

Palestrantes:

Rafael Andrade (Médico Veterinário – Ms. e Diretor da Provita Suplementos)

Thiago Bernardes (Engenheiro Agrônomo – PhD e Professor da UFLA)


Estação III:
Cruzamentos utilizados na fazenda Serra do Macuco de animais da raça Gir com Holandês para a produção de fêmeas Girolando- F1, visando a produção de animais de alto desempenho na bovinocultura de leite

Palestrante: André Nogueira Junqueira (Zootecnista e Técnico da Girolando)


Estação IV: Retorno Econômico da qualidade do leite na produção de queijos e os resultados obtidos na Fazenda Serra do Macuco

Palestrantes:

José do Carmo de Cristo (Supervisor da Política de Leiteira da Polenghi)

Elder Antônio Martins de Oliveira (Técnico de qualidade de leite da Polenghi)

Patrícia Braga (Zootecnista e Diretora do +Leite Soluções Zootécnicas)

 

 


Publicado: 26/07/2019 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!