MILHO / CEPEA: Oferta pressiona indicador em 7% em julho

Fonte: Cepea - Esalq/USP.


As cotações do milho estão em queda na maior parte do Brasil, devido ao avanço da colheita da segunda safra, segundo informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Na sexta-feira, 2 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) fechou a R$ 35,85/saca de 60 kg, queda de 1,4% em relação ao dia 26 de julho.

No acumulado do mês, o Indicador acumulou baixa de 7,1%. Apenas em algumas praças do Paraná que os valores registram altas, sobretudo no mercado de balcão, influenciados pela posição firme de vendedores.

Quanto às exportações, dados da Secex indicam que, em julho, foram embarcadas 6,31 milhões de toneladas (considerando 23 dias úteis), com ritmo diário de 274,6 mil toneladas – quantidade recorde para o mês. Em julho/18, foram exportados apenas 1,1 milhão de toneladas.

Publicado: 05/08/2019 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!