Expectativas para as produções de milho e soja no Brasil

Fonte: Agrolink / via Milk Point


Em 10 de dezembro a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o terceiro levantamento da safra brasileira de grãos. A área com soja foi revisada ligeiramente para cima (0,2%), em relação ao relatório passado (novembro/19). A semeadura 2019/2020 foi concluída nas principais regiões produtoras do país.

Como a produtividade média das lavouras foi mantida frente a estimativa anterior, a produção acompanhou a revisão da área. Com isso, a colheita deverá ser de 121,09 milhões de toneladas na temporada atual, 0,2% mais que o previsto anteriormente e 5,3% mais que o colhido na safra passada. Se confirmado, o volume será recorde em 2019/2020.

Para o milho, houve revisão apenas na safra de verão (primeira safra), cuja área estimada foi revisada para cima (0,2%), mas a produtividade média deverá ser 0,1% menor na comparação com o estimado no relatório de novembro. Para o milho de inverno não houve alteração em relação ao relatório passado.

Desta forma, no total, a colheita deverá ser de 98,41 milhões de toneladas em 2019/2020, 0,1% mais que o estimado anteriormente, no entanto, 1,6% menos que o colhido na safra passada (2018/2019).

Com a queda na produção e demanda (interna e para exportação) aquecida, os estoques finais em 2019/2020 deverão ser os menores desde 2015/2016. Estão previstas 10,31 milhões de toneladas, frente as 13,04 milhões ao final de 2018/2019 e às 15,60 milhões de toneladas estocadas ao final de 2017/2018.


Publicado: 20/12/2019 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!