MILHO/ CEPEA: Produtor continua retraído e o preço segue em alta

Fonte: Cepea - Esalq / USP.


As cotações do milho seguem em elevação no mercado brasileiro neste início de outubro, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Pesquisadores afirmam que a justificativa para o cenário altista é a retração de vendedores, que, por sua vez, estão influenciados pelo clima, pelo forte ritmo de embarques e pela demanda aquecida.

De 4 a 11 de outubro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) avançou 1,1%, fechando a R$ 40,41/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 11.

Quanto aos embarques, já foram exportadas 1,3 milhão de toneladas de milho nos primeiros quatro dias úteis de outubro, segundo dados da Secex. A média diária de exportação está em 328,6 toneladas; assim, caso esse ritmo se mantenha até o final de outubro, o volume pode chegar a 7,55 milhões de toneladas, o que seria o dobro do verificado em outubro de 2018.

Publicado: 14/10/2019 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!