COOASAVI inicia as obras do novo complexo de recepção, beneficiamento e armazenamento de grãos

Foram iniciadas nesta semana as obras de construção do novo complexo de recepção, beneficiamento e armazenamento de produtos agrícolas da COOASAVI. O Parque Industrial será localizado na rodovia BR 383 / São Vicente – Madre Deus, na área de 60 mil m² comprada e paga com RECURSOS DO FUNDO DE RESERVA do ano de 2018. O primeiro passo já foi dado, com a terraplanagem e construção de um platô de 175m x 80m, com 16 mil m².


O projeto contempla a construção de dois silos metálicos para armazenamento de 220 mil sc de milho ou soja; dois silos pulmão com capacidade para 30 mil sc, destinado a receber a produção um secador com capacidade para secar 150 toneladas de grãos por hora; quatro moegas para receber a produção, dando maior agilidade ao recebimento dos produtos e liberando os caminhões para novas viagens, o que acabará com a fila de espera para descarregar a produção; um silo suspenso com balança suspensa para expedição de produtos; uma balança de 30m de comprimento com capacidade para 120 toneladas; uma fornalha à lenha metálica com três bocas com ciclones que evitam a contaminação ao meio ambiente; uma peneira rotativa para 240 toneladas por hora, dando vazão ao recebimento dos produtos; diversos elevadores de canecas e transportadores. Também serão construídos 1.340 m² de cobertura metálica e um escritório e será feita a pavimentação da área de circulação e acesso. Além disso, serão instalados 750KVA de energia elétrica trifásica e construído um poço artesiano de 100m de profundidade, dentre outras melhorias para que o Parque Industrial opere com total eficiência.


Esse projeto foi aprovado na última AGO e também pelo Conselho de Administração em reunião ordinária com conhecimento do Conselho Fiscal. Vale destacar que a obra, tão importante para o fortalecimento do agronegócio na região, só está sendo possível graças ao esforço conjunto de cerca de 800 cooperados que, ano a ano, vêm construindo o Fundo de Reserva da COOASAVI para investimento e expansão. Parte dos recursos será obtida através de crédito rural da linha PRONACOOP, com prazo de até 8 anos e carência de 18 meses.


Durante a última AGO, Paulo César Durço, Diretor Administrativo da COOASAVI, ressaltou: “O plantio de milho e soja está aumentando muito na nossa região e precisamos ter uma estrutura adequada para atender bem os cooperados. Com os novos maquinários, a colheita tem sido feita em menos tempo, o que requer uma estrutura de recebimento mais ágil e com maior capacidade”. César acredita que a construção do novo complexo da COOASAVI será um investimento de grande relevância para os produtores da região e alto retorno para a cooperativa.


O Diretor Administrativo da entidade parabeniza todos os membros da direção, assim como todos os cooperados pela envergadura do projeto, o qual, conforme destaca, “solucionará as demandas de recepção, beneficiamento e armazenamento da produção agrícola de toda a região”.


Confira na galeria abaixo as fotos da obra:

Publicado: 19/08/2020 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!