Milho: produtividade incerta afasta vendedor e impulsiona valores

Fonte: Cepea - Esalq/USP. 

 Os preços do milho estão em alta em parte das regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), devido à retração de produtores, que estão atentos às perdas de produtividade, principalmente em regiões do Paraná e de Mato Grosso do Sul, e apostam em novos aumentos nas próximas semanas.

Quanto aos compradores, segundo colaboradores do Cepea, aqueles que estão abastecidos postergam novos negócios, com a expectativa de que o avanço da colheita pressione as cotações; por outro lado, os que têm necessidade de aquisição têm encontrado dificuldades em realizar negócios, diante do recuo vendedor. Em Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa avançou 2,8% de 13 a 20 de julho, indo a R$ 37,72/sc de 60 kg na sexta-feira, 20.

Publicado: 23/07/2018 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!